CAÇA VAZAMENTO DF

Rating: 3.0/5 (375 votos)




DICAS

» Economia em casa

 

Para verificar a existência de vazamentos é possível fazer os seguintes testes:

Vazamento pelo extravasor (torneira de bóia defeituosa)


Figura 1: Funcionamento normal da torneira de bóia.


Figura 2: Funcionamento anormal da torneira de bóia.

  1. A "Figura 1" mostra uma torneira de bóia com funcionamento normal;
  2. A "Figura 2" mostra uma torneira de bóia com defeito, provocando vazamento pelo extravasor e condutos de água pluviais;
  3. Este vazamento é constatado realizando a verificação do funcionamento da torneira de bóia ou, em dias não chuvosos, observando se há vazamento pelo telhado ou calha.

Como analisar vazamentos na canalização ou nos sanitários alimentados pela caixa d’água


Figura 3: Procedimento para analisar vazamentos na canalização ou nos sanitários alimentados pela caixa d’água.

  1. Feche todas as torneiras da casa, e não utilize os sanitários;
  2. Feche completamente a torneira de bóia da caixa, impedindo a entrada da água;
  3. Marque na caixa o nível da água e, após uma hora, no mínimo, verifique se ele baixou;
  4. Em caso afirmativo, há vazamento na canalização ou nos sanitários alimentados pela caixa d’água.

Vazamento na válvula ou na caixa de descarga


Figura 4: Procedimento para análise de vazamento na válvula ou caixa de descarga.

  1. Esvazie o vaso sanitário, retirando toda a água. Para isso utilize um copo descartável e uma luva. Após concluir este processo descarte o copo e a luva;
  2. Observe. Se a água retornar ao mesmo nível anterior há vazamento na válvula ou caixa de descarga;
  3. Providencie os reparos necessários na válvula. 

Veja quanta água se perde por uma torneira mal fechada:

 

Recomendações:

  • Faça a manutenção de suas instalações hidráulicas, evitando possíveis vazamentos;
  • Utilize água com responsabilidade.

De acordo com a Organização das Nações Unidas, cada pessoa necessita de 3,3 m³/pessoa/mês (cerca de 110 litros de água por dia para atender as necessidades de consumo e higiene). No entanto, no Brasil, o consumo por pessoa pode chegar a mais de 200 litros/dia.

Gastar mais de 120 litros de água por dia é jogar dinheiro fora e desperdiçar nossos recursos naturais. Veja algumas dicas de como economizar água e dinheiro - sem prejudicar a saúde e a limpeza da casa e a higiene das pessoas. Saiba mais

 

» Hidrômetro

Confira o seu relógio de água (o hidrômetro). Deixe os registros na parede abertos, feche bem todas as torneiras, desligue os aparelhos que usam água e não utilize os sanitários.

Anote o número que aparece ou marque a posição do ponteiro maior do seu hidrômetro. Depois de uma hora, verifique se o número mudou ou o ponteiro se movimentou. Se isso aconteceu, há algum vazamento em sua casa.

» Canos alimentados diretamente pela rede da Sabesp

Feche o registro na parede. Abra uma torneira alimentada diretamente pela rede da Companhia Fornecedora (pode ser a do tanque) e espere a água parar de sair. Coloque imediatamente um copo cheio de água na boca da torneira.

Caso haja sucção da água do copo pela torneira, é sinal que existe vazamento no cano alimentado diretamente pela rede.

» Canos alimentados pela caixa d'água

Feche todas as torneiras da casa, desligue os aparelhos que usam água e não utilize os sanitários. Feche bem a torneira de bóia da caixa, impedindo a entrada de água.

Marque, na própria caixa, o nível da água e verifique, após uma hora, se ele baixou. Em caso afirmativo, há vazamento na canalização ou nos sanitários alimentados pela caixa d'água.

» Reservatórios subterrâneos de edifícios

Feche o registro de saída do reservatório do subsolo e a torneira da bóia. Marque no reservatório o nível da água e, após uma hora, verifique se ele baixou.

Se isso ocorreu, há vazamento nas paredes do reservatório ou nas tubulações de alimentação do reservatório superior ou na tubulação de limpeza.

» Torneiras

Este tipo de vazamento é caracterizado por torneira pingando quando fechada. Quando isso acontecer, troque o "courinho".

Gotejando, uma torneira chega a um desperdício chega a um desperdício de 46 litros por dia. Isto é, 1.380 litros por mês. Ou seja, mais de um metro cúbico por mês ou mil litros e água.

Um filete de mais ou menos 2 milímetros totaliza 4.130 litros por mês. E um filete de 4 milímetros, 13.260 litros por mês de desperdício.